quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Preciso de colo...Preciso do meu herói

Gostaria de que todas as palavras que eu escrevo ou falo levassem junto meus sentimentos quando estes me sufocam.
É impressionante como sentimos a necessidade de desabafar, sim, de falar tudo, colocar pra fora tudo o que exatamente estamos sentindo ou pensando, mas isso nem sempre é possível ou simplesmente, não adianta muita coisa. Especialmente quando o nosso(a) confidente não for a pessoa mais adequada para nos ouvir naquele momento, fazendo comentários que em nada nos ajudam, mas ao contrário disso nos faz piorar um pouco mais.
Infelizmente a verdade é que palavras negativas, muitas vezes, surtem efeito mais rápido do que a velocidade da luz. Veja o quanto você já se sentiu deprimido por ouvir alguém dizer algo negativo à respeito de você, sendo que aquilo nem era verdade, ou ainda que fosse, teria um modo melhor de se falar.
Eu sempre digo que é muito fácil apontar o dedo pra alguém e dizer: você é culpado por essa situação, se eu fosse você não agiria desta forma e sim desta, você precisa ser mais esperto(a), você fez ou deixou de fazer tal coisa, por isso deu tudo errado...Enfim, você isso, você aquilo...Até que aquelas palavras te derrubam ao subsolo e você se sente pior ainda.
A pessoa falou tudo o que achava que devia em relação ao problema e a você, mas, e em relação à solução? Será que ela disse algo animador? Será que ela te fez enxergar uma luzinha no fim do túnel? Será que ela te lembrou que por pior que seja sua situação, existe algo positivo que deve e pode ser feito? Ou até mesmo se dispôs a ajudar de alguma maneira, ou se nada puder fazer em relação aquilo, que mesmo assim você tem o apoio dela? Afinal de contas, se você  a procurou e contou sobre o que se passa contigo, é porque em algum momento acreditou que poderia confiar e contar com ela não é verdade?
Eu já pensei em simplesmente desaparecer da face da terra por causa de situações como essas, mas isso não foi possível e eu tive que encarar...
Encarar o medo, encarar minhas preocupações, os fantasmas que eu criei, encarar meu próprio rosto na frente do espelho e perceber que tinha Alguém por mim, Alguém que me estendia a mão e me ajudava, e que nas horas e momentos em que eu mais precisei, Ele sempre esteve lá.
Aprendi da maneira mais difícil que posso confiar de verdade, totalmente e sem reservas, somente nesse Amigo, que é o Único perfeito, amigo verdadeiro, meu defensor, Advogado em toda e qualquer causa que eu enfrentar e que ao contrário de me acusar, ele me defende, afinal, o papel de acusador não é dele...Leia Apocalipse 12:10
Eu digo que é difícil e porque não falar impossível que haja alguém no mundo que faça algo por alguém sem nenhum interesse, sem querer receber algo em troca, seja esse algo material ou não...
Mas o Deus que eu conheço, o que Ele pode querer receber de nós, seres tão limitados?


“Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” Mateus 22:37-40 

Isso é o que Ele pede, de mim e de você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário! Volte sempre!