domingo, 21 de agosto de 2011

Jeito de Mato - Paula Fernandes e Almir Sater



O caminho que escolhemos trilhar ou que somos obrigados a passar para chegar a determinados objetivos, é a estrada de pedra que passa na fazenda (pela vida).

Como em qualquer estrada, existem paisagens maravilhosas a serem observadas, sentidas, que são os bons momentos, as conquistas,as alegrias.
Porém há também muitas pedras, buracos e trechos difíceis de passar, onde muitas vezes nos sentimos tão despreparados, vemos o escuro e temos medo diante de cada dificuldade.

Me peguei e ainda me pego em determinados momentos da vida pensando, questionando, racionalizando em tantos porquês...

Por que tenho que passar por isso?
Por que tenho chorado tanto?
Por que não consegui?
Por que deixei passar?
Por que...
Enfim...ouvindo essa música puder perceber  mais uma vez o quanto as dificuldades nos moldam, nos tornam mais compreensivos com a dor dos outros, nos fazem mais pacientes.

Pais e mães, por exemplo, não medem esforços para proteger seus filhos de qualquer tipo de dor ou sofrimento, mas a lei da vida nos mostra que é justamente passando por momentos difíceis que aprendemos a enfrentar nossos gigantes, aprendemos a usar a nossa fé em Deus, aprendemos a deixar nosso orgulho de lado e procurar saber mais sobre a vontade D’Ele, pedindo sua direção, seus conselhos.

Melhor deixar os questionamentos de lado, tentar tirar proveito de cada dor, de cada lágrima, algo de bom que enriquecerá o que há de melhor em nós, em nossa essência para o nosso bem e porque não para o bem dos outros.
Acredito que olhando pra trás, cada um de nós  veremos que temos trazido "olhos tão tristes", mas também “uma voz tão risonha”

As tempestades do tempo que marcam tua história
Fogo que queima na memória e acende os corações
Sim dos teus pés na terra nascem flores
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar
Ah ah ah sim
Dos teus olhos saem cachoeiras
Sete lagoas, mel e brincadeiras
Espumas, ondas, águas do teu mar
E laiaaaaa...


Enfim, deixo pra vocês esse vídeo lindo, com essa letra e melodia maravilhosas para que reflitam.
Tenham todos uma ótima semana!

sábado, 13 de agosto de 2011

Dicas úteis para uma hidratação capilar correta



Olá pessoas queridas do meu coração! 
Sei que tô meio sumida... meio sem inspiração para escrever ultimamente e também com o tempo mais corrido já que estou fazendo curso de Cabelereira e Depilação \o/ rsrs
A área da beleza sempre me chamou atenção, agora resolvi investir nisso, e estou bem feliz.
Estou adorando o curso, aprendendo muito e venho dividir algumas dicas interessantes sobre hidratação capilar com vocês.
Acredito que qualquer pessoa pode sim cuidar dos seus cabelos, sem necessidade de gastar rios de dinheiro, pois existem produtos muito bons importados (mais caros), mas também inúmeros produtos bons nacionais.
A forma de uso, se incorreta, não trará benefício algum mesmo que o produto seja caríssimo.
Então vamos as dicas:

  • 1.       Lavar os cabelos somente com xampu;
  • 2.       Retirar o excesso de água dos fios com uma toalha;
  • 3.       Retirar uma quantidade de creme razoável do pote com um pente, espátula ou pincel-nunca retire o creme com os dedos pois o mesmo poderá ser contaminado e ter sua fórmula prejudicada por causa de impurezas, suor ou mesmo água que estiver nas mãos;
  • 4.       Dividir o cabelo em mechas e aplicar o creme de hidratação/tratamento massageando bem cada mecha;
  • 5.       Deixar agir conforme o tempo indicado, de preferência com touca laminada;
  • 6.       Enxaguar completamente;
  • 7.       Utilizar o condicionador, enxaguar completamente, secar e pentear como de costume.
 
Observações:

Quando fizer hidratação capilar, o uso do condicionador vem após o uso do creme de hidratação/tratamento e não após o xampu, como muita gente faz, não devendo ser dispensado, mas por que?

Vamos lá, enquanto o xampu tem a finalidade de abrir as cutículas dos cabelos para promover a limpeza dos mesmos, o condicionador tem a função de selar as cutículas, deixando os cabelos suaves e desembaraçados (além de outros benefícios de acordo com a fórmula).

Sendo assim, para que o creme de hidratação/tratamento tenha um bom desempenho nos fios, é necessário que este penetre na fibra capilar, e isso só é possível se as cutículas estiverem abertas correto?
E o condicionador? É realmente necessário mesmo após fazer hidratação?
Isso depende do PH do produto e do PH dos cabelos.
Então...na dúvida, minha opinião é que é sempre bom usar o condicionador do meio para as pontas dos cabelos, evitando a raiz para não causar oleosidade em excesso.

Veja o que diz o cabeleireiro Marcos Viana no texto abaixo:

“O potencial de hidrogênio - pH - é a escala que define a acidez e a alcalinidade de produtos e do cabelo, sendo que o pH do cabelo está na faixa 5.0 nesta escala. Bons produtos se preocupam em definir o seu pH dentro desta faixa, expondo e especificando no seu próprio rótulo. Quando um produto está fora desta faixa de pH ele surte determinado efeito, porém com o tempo desestabiliza o pH do cabelo e do couro cabeludo, daí a sensação que o produto não está fazendo mais efeito. Outro aspecto que interfere é a técnica de lavagem e aplicação dos produtos que deve ser apropriada, sem excessos e enxaguando devidamente os cabelos quaisquer que seja o processo (shampoo ou condicionador, máscara hidratante). “

“Posso trocar o condicionador pelo creme hidratante? Sim, para determinados casos, e dependendo da qualidade do produto. Existem cabelos que precisam de um condicionamento mais hidratante. Para cabelos mais oleosos com o pH mais ácido, um condicionador específico é o suficiente. Para um cabelo mais poroso, quebradiço e com um pH mais alcalino a substituição é adequada e inclusive recomendada, trocando o condicionador por um hidratante.” 

Cabeleireiro Marcos Viana
Leia mais clicando aqui:
Fonte: http://www.sitemedico.com.br


Espero ter ajudado e que tenham gostado das dicas... Comentem!!